Capa

Nova Veneza conquistou os participantes do Catarinense de Rally Regularidade

Os campeões da Máster: Leandro Rodrigo Riffel e Michael Masson
(Aline Ben/Comunicação 4x4)

Os campeões da Graduado: Marcio Schlindwein e Leonardo Agustinho de Melo
(Vinicius Malagutti)

Os campeões da Turismo: José Andrade Júnior e Bernardo Schafer Andrade
(Aline Ben/Comunicação 4x4)

Os campeões da Turismo Light: Giovani Rodrigues Modolon e Fábio Augusto Conte
(Aline Ben/Comunicação 4x4)

Os campeões da categoria Pais e Filhos: Ricardo e Guilherme Hoffmann
(Aline Ben/Comunicação 4x4)

Os campeões da categoria Universitários 4x2: Moacir José Cunhado e Aline Klug
(Vinicius Malagutti)

Os campeões da categoria UTV: Roberto Keller e Marcelo Ritter
(Aline Ben/Comunicação 4x4)

O campeão da categoria Quadri: Gustavo Herdt Westrup
(Aline Ben/Comunicação 4x4)

A quarta etapa do Campeonato Catarinense de Rally Regularidade teve um grid recorde de 69 veículos e reuniu mais de 230 pessoas na cidade do sul de Santa Catarina

30.09.2019  |  261 visualizações

Sabe aquela pequena cidade de interior? Tranquila, charmosa, com um tanto de gente simpática e hospitaleira? Pois então, a Trecho 1 – organizadora do Catarinense de Rally Regularidade – escolheu o município de Nova Veneza para realizar a quarta etapa da temporada que, no dia 28 de setembro, viveu o clima agitado e eletrizante do rali de regularidade. 

A concentração (secretaria de prova, largada, chegada e premiação) foi na Rua Coberta – um dos principais pontos turísticos de Nova Veneza. Sessenta e nove veículos alinharam-se para este grid nas categorias Máster, Graduado, Turismo, Turismo Light, Pais e Filhos, Universitário 4x2, UTV e Quadriciclos. Foram 130 quilômetros acelerando e obedecendo as médias de velocidade estabelecidas em planilha. Outra categoria no evento foi a Passeio 4x4, feita para pessoas que não querem ter compromisso com tempo e relógio, e buscam curtir a natureza e o off-road sem pressa. 

Devido as características da região, esta foi uma etapa diferente, que passou por estradas vicinais e margeou plantações de arroz. “Tivemos de tudo um pouco, mas o piso predominante foi a piçarra (mistura de areia e fragmentos de pedra). Os competidores tiveram trechos de trilhas fechadas e transpuseram valetas, erosões, travessias de rios, além de duas pistinhas para aumentar a adrenalina, com os tradicionais laços”, detalhou o diretor geral da Trecho 1, Alexandre Rech, que agradeceu a recepção e apoio da Prefeitura de Nova Veneza. “Agradecemos o apoio e confiança das entidades locais, que nos deram todo o suporte para fazer o evento acontecer. O envolvimento das pessoas (inclusive competidores da região) foi fantástico. Tenho o sentimento de missão cumprida”, completou. 

Sede de adrenalina e vitória 

O Campeonato Catarinense de Rally Regularidade entrou na reta final. A apenas uma etapa da grande decisão, pilotos e navegadores prepararam-se para um embate particular. No rali de regularidade, o resultado depende exclusivamente de cada dupla, portanto, erros não são admitidos. 

Desta forma, na categoria Máster, os melhores foram Leandro Rodrigo Riffel e Michael Masson, que venceram a etapa com 391 pontos perdidos – seis pontos a menos que Flávio Roberto Kath (Poder) e Igor Quirrenbach de Carvalho, que ficaram na segunda posição e empatados com Everton Gratt e Wesley Sari, na terceira posição. “A etapa de Nova Veneza foi caracterizada pelo trajeto de estradas vicinais. Este tipo de roteiro torna a prova muito competitiva, pois todos perdem poucos pontos, pequenos detalhes decidem. Nós tivemos uma tocada constante, o navegador ajustou o equipamento de forma competente e isso nos deu o título de campeões da etapa”, declarou Riffel, que aproveitou para parabenizar a organização do Catarinense. “Nova Veneza é, sem dúvida, um destino turístico do interior do estado que vale a pena ser visitado pela boa gastronomia e carinho com os visitantes”

Na Graduado, ganhou Marcio Schlindwein e Leonardo Agustinho de Melo com 400 pontos perdidos. Eles foram seguidos por Lauro Papael Gomes e Leandro Macedo Ferreira (424 pp) e Rui Cesar Schmitz e André Luiz Lenger (455 pp), em segundo e terceiro lugar, respectivamente. “Foi uma disputa técnica, que exigiu concentração e paciência da equipe. Trouxe um tom bem diferente ao que estamos acostumados a encontrar no Catarinense”, disse Schlindwein. 

Pela Turismo, José Andrade Júnior e Bernardo Schafer Andrade (pai e filho) subiram no primeiro lugar do pódio, com 474 pontos perdidos. “Este foi um tipo de certame que deixa a disputa muito parelha. O piloto teve que cuidar o tempo inteiro para ficar no zero, não podia cometer um vacilo sequer. É aquele tipo de etapa que, quando termina, não tem como prever um resultado”, disse Júnior. Na segunda posição vieram Paulo Lacowicz e Ramon Lacowicz (534 pp), e na terceira, Denilson Bonfanti e Bruna Oliveira (717 pp). 

A vitória de Giovani Rodrigues Modolon e Fábio Augusto Conte pela Turismo Light já deu à dupla a conquista do título do campeonato 2019. Eles foram os melhores com 522 pontos perdidos e não deram chances aos adversários, Fernando Silveira Bandeira e Edair Rodrigues de Brito Júnior que, com 1.061 pp ocuparam a segunda posição. “Foi um rali atípico, pois não passou por áreas de reflorestamento”, pontuou o navegador Conte. “Teve uma pegada mais ‘tranquila’, com mais estradões (as trilhas alegraram o nosso dia). Estamos cada vez mais afinados e nossos resultados mostram a força da nossa união”. Em terceiro lugar, vieram Deivid Mendes e Samuel da Silva (1.438 pp). 

Na categoria Pais e Filhos, Ricardo e Guilherme Hoffmann faturaram a etapa com 798 pontos perdidos. “Tentamos fazer o melhor possível para subir nesse pódio. Tivemos alguns contratempos, mas temos crescido etapa a etapa, e assim vamos alcançando nosso objetivo”, pontuou Ricardo. “Olha só o sorriso da criança. Isso é que vale a pena e é o meu troféu”, observou o piloto, referindo-se ao filho Guilherme. Oscar José Schmidt e Oscar Schmidt Bisneto (1.302 pp) ficaram na segunda colocação, seguidos por Renato Rosales e Ricardo Rosales (1.928 pp).   

O casal Moacir José Cunhado e Aline Klug, pela categoria Universitário 4x2, já está craque no rali de regularidade e venceu a etapa com 401 pontos perdidos. “Nova Veneza me encantou pela beleza”, salientou a navegadora. “Nosso entrosamento foi fundamental para esse resultado”, completou. Segundo o piloto, no próximo ano, eles subirão de categoria e disputarão a Turismo Light. Na segunda posição, vieram Milaine Zampronio Motta e Lucas de Villa Consonil (1.518 pp), e Luan Farias Paranagua e Henrique do Amaral Esmeraldino, em terceiro (1.744 pp). 

Nos UTVs, outra dupla conquistou o título de 2019 por antecipação: Roberto Keller e Marcelo Ritter foram os campeões da etapa com 476 pontos perdidos. “Uma prova rápida para os UTVs e a pistinha foi sensacional. Estamos felizes, pois isso traz um resultado importante para a nossa carreira”, disse Ritter. Eles foram seguidos por Alexandro do Nascimento e Thiago Destro (7.389 pp) em segundo lugar, e Fernando Tabarez Rodrigues e Matheus Drissen Schulze (10.898 pp). 

Os representantes da região fizeram bonito na categoria Quadri, sendo todos os participantes de Criciúma. “Esse rali teve de tudo um pouco, trechos abertos e fechados e uma pista bem técnica. Pilotar e navegar ao mesmo tempo é um desafio emocionante”, falou o piloto vencedor Gustavo Herdt Westrup, que teve 1.861 pontos perdidos. O pódio foi completo por Ricardo Luiz dos Santos (2.058 pp) e Luiz Eduardo dos Santos (3.008 pp), na segunda e terceira colocações, respectivamente. 

Prestes a completar a sua missão no calendário do off-road nacional, o Campeonato Catarinense de Rally Regularidade segue para a quinta e última etapa da temporada: nos dias 01 e 02 de novembro, São José (na Grande Florianópolis), será o palco desta grande final. 

 

O Campeonato Catarinense de Rally Regularidade tem patrocínio de GS 4x4 Performance, Trilha SC Concessionária Troller, Can-Am, Montreal Powersports, Mega Jet & Boats, Sanáutica, Cooper Tires, DSTRAC Performance 4x4, Gratt Indústrias de Máquinas, A2M Motorsport-Vtrek, Tecnnic Eletrônica Industrial, Imóveis Crédito Real e Multital Factoring.

Apoio: Clube do Jipeiro Joinville, Jeep Clube São Bento e Jeep Clube de Florianópolis, Associação Neoveneziana de Turismo (ANET) e Departamento Municipal de Esportes de Nova Veneza

Supervisão: FAUESC e FCM

Leia também...

04.11.2019

Repaginado, Catarinense de Rally Regularidade coroou os campeões da temporada 2019

Sob nova direção, o evento trouxe novidades e bateu recorde de grid. Com expectativas superadas, a temporada 2020 já foi confirmada

30.10.2019

Decisão do Campeonato Catarinense de Rally Regularidade 2019 será neste sábado

A etapa final terá aproximadamente 180 quilômetros e cinco horas de disputa. A largada do primeiro carro será às 10h, no Automotivo Shopping

25.10.2019

São José receberá a decisão da temporada 2019 do Catarinense de Rally Regularidade

A quinta e última etapa do Campeonato Catarinense de Rally Regularidade será realizada no dia 02 de novembro, com concentração na concessionária Trilha SC

10.10.2019

Inscrições para a última etapa do Catarinense de Rally Regularidade estão abertas

A cidade de São José sediará a quinta e última etapa do Campeonato Catarinense de Rally Regularidade, nos dias 01 e 02 de novembro

Entre em contato